Arquivo mensal: Outubro 2017

Artesanato funcional nova moda para decorar

O artesanato funcional é a mais nova moda para decoração do lar

O valor do artesanato vai além de sua estética, pois é um setor que movimenta bilhões todos os anos. Mas a nova onda é o faça você mesmo, porque as vantagens são grandes: baixo custo e artigos 100% originais.

Além disso, pode ser totalmente ecológico se forem reaproveitados materiais, que normalmente seriam jogados fora, e agregam funcionalidade na casa.

Conhecido no mundo da moda como “upcycling”, este tipo de artesanato veio para ficar e, quase tudo, pode ser reaproveitado. Desde garrafas pet, rolhas, paletes, até materiais maiores como pneus por exemplo.

Artesanato nunca sai de moda, mas esta modalidade já é a mais procurada para vencer os tempos de crise econômica. Tudo por causa de seu baixo custo, versatilidade e alto valor de venda.

Quer lucrar com artesanato funcional? Veja como começar.

O mercado de artesanato deixou de ser apenas um hobby, para se tornar uma verdadeira máquina de dinheiro. Os pequenos empreendedores que conseguiram chegar lá sabem que, é possível rentabilizar seu trabalho manual e gerar bons lucros.

Você trabalha bem com as mãos e quer uma fatia desse bolo? Então preste atenção em nossas dicas para não ficar de fora, pois, o final do ano é sempre uma promessa de boas vendas.

1- Existem diversos cursos on-line

As opções são infinitas, por isso, encontre o material com o qual se identifica, como por exemplo, crochê, MDF, papel e por aí vai. Os cursos de artesanato on-line são práticos e baratos, e as vezes de graça, basta você escolher um que se encaixe nas suas habilidades.

2- Explore mercados

É sempre bom ficar de olho nas tendências, e elas apontam para o mercado de bebês e casamentos. É possível criar e vender uma infinidade de itens para esses dois mercados gigantescos, basta usar a criatividade. Formas para casamentos e kits de higiene para bebês são uma boa pedida.

3- Artesanato para casa sempre está em alta

Este é um negócio onde não falta clientela. Seja criativo e inovador nas funcionalidades dos objetos que criar, e veja seu negócio prosperar. É possível diversificar oferecendo um artesanato diferente para cada cômodo da casa, ou apenas criar uma linha de quarto, por exemplo.

4- A tradição também conta

Crochê, tricô, pinturas, MDF e outros tipos de artesanato ainda possuem seus nichos. Se o artesão é bom o artesanato se vende praticamente sozinho.
5- Aprenda a usar os marketlaces
Não adianta nada criar algo novo se não colocar em prática o negócio em si. Existem portais on-line, que possibilitam disponibilizar seu artesanato para milhões de consumidores ávidos por novidades. Esses marketplaces disponibilizam serviços de loja on-line também.

É possível comprar todo o material e ferramentas on-line, mas se a intenção é lucrar, é preciso comprar com cuidado e pesquisar bem, ou até mesmo trabalhar com material reciclável. Se for comprar em grandes quantidades, procure lojas que façam preço de atacado.

Independente do rumo escolhido, trabalhar com artesanato funcional é uma ótima alternativa para quem quer apenas se distrair e criar algo bonito, até aqueles que estão precisando de um reforço no orçamento.